Lilypie 1st Birthday Ticker
Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

diarreias e vomitados

Anda (andou) lá pela creche um viruzito de diarreias e vomitados. Ao falar disto com a pediatra ela já sabia claro! Parece que anda a visitar muitas criancinhas.

O nosso bicharoco tem andado resistente* (diz a pediatra que é das protecções do leite materno), mas ontem já fez uma diarreiazita. Eu creio que será apenas um incidente isolado (até porque os meninos que estiveram doentes já estão todos a voltar curados de casa), mas não esperei e dei-lhe logo papa de arroz ao jantar. Até ver não houve mais caganeira.

De acordo com a pediatra o que se deve fazer nestes casos é o seguinte:
1. Dieta (incluir arroz não só na sopa do bebé como também papa de arroz)
Eu acrescentaria ainda a banana como fruta, mas ela não falou disto.
2. Ultra levur (pode tomar dois por dia)
3. Ir à pediatra (não só para se perceber a gravidade da situação como para avaliar a perda ou não de peso)

Eu acrescento no fim, dar-lhe água. Para prevenir a desidratação.


*Foi dos únicos a resistir, na semana passada dos quase 20 meninos daqueles dois berçários, só lá estava ele e mais uns dois bebés.
publicado por Claudia Borralho às 12:03

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

recados

Proliferam por aí os blogs de mamãs privatizados. Para mim é uma pena porque estes blogs não são apenas registos de mães, para isso poderiamos escrever num caderno e colar fotografias, estes blogs servem essencialmente para trocarmos opiniões, para pedirmos ajuda e aprendermos uns com os outros (sim, os outros, porque também andam por aí alguns pais perdidos).
Neste mundo em que vivemos temos vindo a perder cada vez mais a confiança nos outros, o que será de um mundo sem confiança? Onde não podemos caminhar de coração aberto?
Enfim, como este blog tem recebido muitas visitas de mamãs de blogs privados eu pedia que essas mamãs nos enviassem um convite. Queremos poder retribuir as visitas :)

morgy.fadas(at)gmail(ponto)com
publicado por Claudia Borralho às 10:28

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

regra lá de casa

Válido para camisolas, tshirts, bodies... tudo o que se enfie pela cabeça.
Se custa a passar na cabeça é logo arrumado, pode ser novo, pode até ter sido a primeira vez que vestiu, pode servir muito bem, yada yada yada, se custou a passar na cabeça será certamente a última vez que o vestiu.
tags:
publicado por Claudia Borralho às 15:50

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

não me canso

de ver o vídeo aqui de baixo.

O meu filhote é um espectáculo!!!
publicado por Claudia Borralho às 13:22

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

Pulga eléctrica

sinto-me: amazed
tags:
publicado por Claudia Borralho às 13:41

link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|

6 meses de gabriel

É inacreditável como já passaram 6 meses. Meio ano, pá!

São tantas coisas para registar que nem sei bem por onde começar. Começamos pelos números então.
Medes agora 66cm e já pesas 6,700Kg. Como diz a pediatra, da forma como te mexes vais sempre ser um bebé magrinho.
Todos os dias os comentários que vêm da creche são que te mexes muito, nem para trocar a fralda estás sossegado. Num segundo já te viraste de barriga, tens tanta força que a puxar pelo boneco da música quase te levantas. E é quase impossível tirar-te uma foto que não esteja tremida ou desfocada.

Cada vez detestas mais a sopa... é um martírio ao fim de semana. A mãe tem sempre uma sopa nova e tu não gostas nada. Choras, berras, cerras a boca, e a mãe idem ;) Este mês vais experimentar ainda mais coisas novas, abóbora, agrião, alho francês, feijão verde, frango, peru, vitela e papas com gluten. Nem quero imaginar quando chegarmos aos 7 meses e tu passares a comer duas sopas por dia.

Este fim de semana trocamos a cenoura pela abóbora e o borrego pelo frango, manteve-se a alface, a batata e a cebola. Foi um berreiro descomunal, sopa por todo lado. Sopa no chão (o gato vai lá e lambe), sopa no gabriel, sopa na mãe, sopa no pai, sopa na cadeira e sopa no cortinado!
Com a mudança da hora então foi ainda pior, a mãe a tentar convencer-te a abrir a boca quando tu só querias dormir.

A papa continuas a gostar muito, até já lhe misturei a tua fruta e tu gostaste na mesma. À tarde vens tão cansado da creche que chegas a adormecer enquanto comes a papa. Completamente KO.

Depois do jantar, tomas banho. Agora já tomas banho sempre sentado e com os teus brinquedos :) De vez em quando estás prai virado e chapinhas aquilo tudo, o que vale é que a mãe é inteligente e dá-te o banho posicionada atrás de ti... porque senão precisava dum impermeável.

Depois da banhoca ficas logo muito impaciente, tem de ser vestir e pôr cremes em contra-relógio. A mãe deita-te e tu adormeces em três tempos. Já dormes no teu quarto e adormeces quase sempre sózinho. Dormes a noite toda, toda, toda até ao dia seguinte - 12h de seguida.

Nunca te apetece o leite a meio da noite, nem o do pequeno-almoço. É uma chatice puto, porque tu precisas beber o leite! Às vezes lá vai enganado ou com a ajuda da papa e bebe uma quantidadezita considerável, mas geralmente fica-se no máximo pelos 70ml.
O leite do lanche bebes muito bem na creche, passamos agora para os 240ml, mas em casa ficas geralmente pelos 170ml.

Tentas agarrar tudo o que passa no teu raio de alcance e visão. Estendes os braços e agarras. E já te sentas :) Ainda tombas sempre que te distrais com qualquer coisa para agarrar, mas de cada vez aguentas mais tempo. Claro que ficar sentado é um bocadinho incompatível com o teu nível de irrequieto ;)

Continuas hiper simpático. Toda a gente se ri para ti e derrete à tua volta. Ris-te para toda a gente :) As gargalhadas é que não são fáceis, és simpático mas um público exigente, mas com muita maluquice a mãe lá vai tendo a sua dose diária de gargalhadas.

A maior sessão de gargalhadas foi totalmente inesperada, aproveitei ainda estares calminho para te ler um livro e mostrar-te os desenhos ao deitar. Foi o "Adivinha quanto eu gosto de ti" que nos deu a Lia, tu adoraste! Ris-te e ris-te à gargalhada, depois ficaste cansadinho e impaciente. Apagou-se a luz e apagaste tu :)
sinto-me: orgulhosa
publicado por Claudia Borralho às 13:12

link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

Começar a usar um copinho

It's not too early to introduce a cup to your baby. Many babies can take their first sips as early as 4 or 5 months and are ready to handle a cup sometime between 6 and 12 months.

Try piquing your baby's interest in a cup by shopping for one with a bright color or appealing picture on it. A sippy cup, which has a top with a spout, may be easier for your baby to use; spill-proof types are great at preventing messes. A cup with a straw is also a good learning tool, though slightly more difficult to clean. Choose a cup with handles on the sides as a starter model, since it will be easier for your baby to hold. And, of course, any cup you use ought to be unbreakable — you can count on it being flung to the ground often.

Introduce a cup gradually, perhaps during one feeding a day at first. Holding your baby securely and upright, bring the cup to his mouth and tilt it just a little. Be patient as your baby will likely make a mess as he practices lapping and then drinking.

If your baby seems to have trouble with the first cup you try, consider a different type or brand. Some sippy cups have a valve that works almost too well, making it hard to get liquid out. Your baby may also find a cup with a nipple-like spout easier or more appealing. Because sipping is different from sucking, some parents find it easiest to start with a lidless cup, tilting it to the baby's mouth, until she gets the general idea that this is a new feeding source.

publicado por Claudia Borralho às 09:58

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007

revisitar a mala de maternidade

PARA O BEBÉ:
- 4 bolsinhas roupa (babygrow (6) + body (6) + meias (2) + gorro (1) + babete (6))
- bolsinha com roupinha maior extra (body + babygrow)*
- 1 casaquinho algodão
- 1 mantinha
- 4 2 fraldas pano
- higiene do bebé (creme rabinho + toalhitas* + dermo-lavante* + hidratante* + fraldas* + bolsinha com tesoura e escova* + lima unhas em cartão)

Roupa maior não era necessária, mas foi necessária toda a roupa que levei e ainda mais alguma! Acho que isto vai depender do nível de porcalhão do bebé e da experiência dos pais :) Nós tivemos uns quantos cocós até às costas e uns xixis inesperados, o resultado foi precisarmos de mais roupa do que os 6 conjuntos que levámos. Principalmente precisámos de mais roupa minúscula, ele vestiu muita roupa que lhe estava a nadar porque os conjuntos minúsculos eram só 4.
Fraldas de pano acho que não usei nenhuma, as poucas vezes que o miúdo bolsou o babete chegava.
Todos os items da higiene do bebé foram quase totalmente desnecessários: o banho é dado no hospital pelas enfermeiras, fraldas usei as do hospital e ainda trouxe para casa, o meu puto era careca e como tal escova ou pente foram totalmente desnecessários, tesoura idem porque mesmo que tenham as unhas grandes ainda vêm coladas e não se cortam nos primeiros tempos, quanto muito limam-se.
Toalhitas "precisei", fruto obviamente da falta de experiência usámos muitas toalhitas. Usámos as que deram no hospital e mais outras que nos levaram. O precisei está entre aspas porque na realidade não é aconselhado usar toalhitas nos recém nascidos, por causa de possíveis alergias, o que se deve utilizar é uma compressa com água morna.
Creme para o rabinho convém levar, mas usem só se o bebé começar a ficar vermelho, mais uma vez por causa de posssíveis alergias, recomendo Bepanthene.

AMAMENTAÇÃO:
- Discos amamentação
- Ventilated Breast Shells*
- Bephantene / Purelan / Cicamel
- Toalhinhas turcas*
- Discos de Hidrogel Chicco

Não usei as toalhinhas turcas mas em casa passaram a ser muito necessárias, nomeadamente para a subida do leite, não usei as Ventilated Breast Shells, mas devia ter usado. Acrescento os discos de hidrogel para ir prevenida, caso fique com feridas convém aplicá-los logo.

PARA A MÃE:
- Boletim da grávida + análises + ecografias (colocar tudo numa pastinha)
- 3 camisas de dormir abertas à frente
- casaco de algodão
- chinelos
- 6 cuecas de algodão* / descartáveis*
- pensos higiénicos ultra*
- 2 pares de meias kneehigh* (só usei um par)
- 1 revista ou livro*
- Máquina fotografica e rolos*
- Bolachas de aveia*
- Baton Neutrogena*
- 2 soutiens amamentação
- Lenços de papel*
- Cinta pós-parto*
- Roupa para saída
- Higiene (desodorizante, escova e pasta de dentes, escova cabelo, shampoo, amaciador, gel duche, creme cara, creme refirmante*, lentes contacto, óculos)

Aqui só risco as revistas ou livro e a máquina fotográfica. A máquina fotográfica é importante, mas eu que gosto tanto de tirar fotografias só me apetecia olhar para o bebé e os outros que tirassem as fotos :) Acho que é um item essencial para o pai.
Ainda tentei ler o meu livro enquanto estava em trabalho de parto, mas era impossível concentrar-me no livro enquanto aguentava as dores das contracções. Tarefa completamente ignóbil... a médica ainda gozou comigo.

OUTROS:
- tricotti / sling*
- saco roupa suja bebé*
- saco roupa suja mãe*
- caderninho e caneta para apontamentos*
- discman, colunas e cd's*

Só não usei o discman as colunas e cd's :) Não senti necessidade de os usar para ajudar com as dores, continuo a achar um item importante para um trabalho de parto natural.


* há no hospital
* mariquices minhas
alterado
publicado por Claudia Borralho às 13:08

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

alface

Esta semana acrescentei-lhe alface à sopa. Uiiiii como ele detestou a sopa! Não acha piada à fruta e a sopa detestou, boca cerrada e a cuspi-la e agora ainda aprendeu a dar safanões na colher cheia. Fiquei com sopa por todo o lado.
No dia seguinte já estranhou menos o sabor e comeu muito melhor, mas fez uma careta tão grande quando tomou o gosto da sopa!!!!

Estou a ver que o puto é como a mãe e não gosta de verdes :)
tags:
publicado por Claudia Borralho às 12:15

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

creche, papa e sono

Chega da creche sempre muito cansado. Por lá aprendeu a dormir uma boa sesta depois do almoço, mas a seguir ao lanche já não dorme nadica por lá.
Se o for buscar por volta das 17h adormece no carro e às vezes dorme mais um bocadinho em casa, outras não. Se o for buscar um pouco mais tarde provavelmente já não dorme antes da papa.
O jantar / papa é por volta das 19h. Come muito bem se tiver dormido um bocadinho antes, é uma chatice dar-lhe a papa sem ter dormido.

Para comer bem a papa tento que durma depois de vir da creche, mas quando adormece já só por volta das 18h30 já é só para acordar no dia seguinte e eu acabo por acordá-lo para lhe dar o banho e o jantar. Come muito bem a papa (apesar de chegar a adormecer a comer a papa), mas acorda muito cedo de manhã.

Ontem não chegou a dormir e dei-lhe a papa um bocadinho antes das 19h. Banhoca dada pelo pai e estava a dormir às 19h30. Só acordou* hoje às 8h quando lhe fui abrir o estore para lhe dar o biberão e vesti-lo. Foi quase tão difícil dar-lhe a papa como dar-lhe sopa, mas pela primeira vez em muitos dias não acordou antes das 7h30 (para não dizer às 6h).

Chego à conclusão que o melhor mesmo é dar-lhe a papa antes, mesmo que para isso o tenha que manter acordado e rabujento e que coma pior a papa. Ainda por cima hoje voltei a ler a opinião de um pediatra de que acordar o bebé pode provocar atrasos no crescimento, no entanto o Brazelton aconselha acordar os bebés para se habituarem aos horários lá de casa, logo aos 2 meses. Afinal como ficamos? Já para não falar das teorias de não deixar os bebés dormir mais de 2h seguidas durante o dia para que não troquem os dias pelas noites. O melhor mesmo será seguir os nossos instintos, não?


*Dou-lhe mais um biberão por volta das 23h, mas ele nem chega a acordar.
publicado por Claudia Borralho às 11:59

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.subscrever feeds

.o nosso bebé

Gabriel - 25 / 4 / 2007
Nasceu a 25 de Abril de 2007 às 40 semanas e 2 dias com 3450gr e 50cm com Apgar 10 logo ao 1º minuto! :D

.coisas da mãe

. Fiz eu!

. Ilha das Maçãs

.babies around us

Rafael - 06 / 04 / 2001
João Miguel - 09 / 07 / 2003
Marta & Beatriz - 13 / 04 / 2005
Bé (Beatriz) - 22 / 05 / 2005
Vasco - 21 / 08 / 2005
Gustavo - 18 / 11 / 2005
Matilde - 16 / 01 / 2006
André - 28 / 04 / 2006
João - 20 / 02 / 2007
Maria Leonor - 12 / 09 / 2007
Bernardo - 12 / 10 / 2007
Leonor - 2 / 12 / 2007
Rita - 6 / 12 / 2007

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

.pesquisar