Lilypie 1st Birthday Ticker
Sexta-feira, 4 de Agosto de 2006

Notas sobre gémeos

When conceiving twins (triplets or more) the woman usually releases 2 (or 3 or more) eggs at once. These eggs are then fertilised to create non-identical twins (or triplets etc.) The woman's ability to produce more than one mature egg at a time is something that is inherited (and why non-identical twins are more common, because they 'run in the family').

Identical twins only occur after fertilisation takes place. The fertilised egg (with all the combined genes from both parents) suddenly splits into two identical developing babies. This is a twist of fate that happens less frequently, but is possible for any couple, because it is not something that is inherited.

Mais aqui


update: e entretanto li numa revista sobre um estudo recente que indica que o consumo regular de leite aumenta a probabilidade de gémeos ;) lol
publicado por Claudia Borralho às 13:40

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Agosto de 2006

the "28-day" myth

If you're like most women, you've probably been taught that a woman's cycle is 28 days and she ovulates on day 14. Actually, this is a myth. These are only statistical averages, and length of cycle and day of ovulation vary widely among women. It even varies for each woman!

A typical cycle, which begins with menstruation, is 25-36 days with ovulation typically occurring between days 12-18. However, it may not be that way for you! And even if your cycles are regularly the same length, you may not ovulate on the same day every cycle. The only way to determine when you have ovulated is to track your fertility signs by recording basal (waking) body temperature and/or gauging the changes in the quality of your cervical fluid, since it becomes more fertile (hospitable to sperm) nearer ovulation. Ovulation predictor urine tests can also help determine when you will ovulate. Generally, you are fertile up to 5 days before ovulation, since sperm can generally live in a woman's body for up to 5 days in fertile cervical fluid, and a couple days after the day of ovulation, because an egg can live up to 24 hours, and occasionally a second egg is released within 24 hours of the first.

When a cycle varies in length, it is the time between menstruation and ovulation that varies. Less variable in length is the luteal phase, or the time between ovulation and the end of your cycle (the last day before your next period). The luteal phase typically lasts between 10 and 16 days, but it will not usually vary more than 1 or 2 days for each woman. So if, for example, your luteal phase is 11 days, it will usually always be 10-12 days. The luteal phase provides time for a fertilized egg, or embryo, to travel to the uterus to implant. The typical embryo implants 6-12 days after ovulation. Your body produces the hormone hCG when the embryo implants. hCG is the hormone detected by pregnancy tests. If no embryo implants, the uterine lining is shed, beginning the next cycle.

in peeonastick.com
publicado por Claudia Borralho às 10:35

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Julho de 2006

meninos e meninas

A Paula trouxe-me ontem mais um livro de gravidez. Descobri umas coisas engraçadas ao folheá-lo. Dicas para conceber meninos ou meninas :) Este é um assunto que abunda bastante pela web, mas foi a primeira vez que vi uma dica com um fundo cientifico que ainda não conhecia.
Para conceber meninas deve-se fazer amor mais vezes e com grande frequência. Isto porque os espermatozóides Y levam mais tempo a ser preparados e ao fazer sexo com maior frequência aumentam-se as probabilidades de maior quantidade de espermatozóides X em cada ejaculação. :)
Mais dicas para conceber meninos e meninas aqui.
publicado por Claudia Borralho às 10:03

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Julho de 2006

Kegels

Kegel exercises are small internal contractions of the pelvic floor muscles that support your urethra, bladder, uterus and rectum. Strengthening your pelvic floor muscles improves circulation to your rectal and vaginal area, helping to keep hemorrhoids at bay and speeding healing after an episiotomy or tear during childbirth. There's even some evidence suggesting that strong pelvic floor muscles may help shorten the pushing stage of labor.

You can do Kegels anywhere - sitting at your computer, watching TV, even standing in line at the supermarket.

- Tighten the muscles around your vagina as if trying to interrupt the flow of urine when going to the bathroom.

- Hold for a count of four, then release. Repeat ten times. Try to work up to three or four sets about three times a day.

in BabyCenter
publicado por Claudia Borralho às 16:09

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 30 de Junho de 2006

Principais erros alimentares na gravidez

Uma alimentação correcta e equilibrada é um dos factores mais relevantes para o desenrolar de uma gravidez saudável. Certos erros alimentares cometidos sistematicamente desencadeiam alterações perniciosas e graves na saúde do seu bebé.

Eliminar o pequeno-almoço
Saltar o pequeno-almoço é um hábito péssimo e perigoso. Ao fazê-lo está a expor o seu bebé, que necessita de um fornecimento contínuo de energia, a um período de jejum extremamente prolongado de cerca de 16 a 18 horas.

Coma bem ao pequeno-almoço assegurando:

# Água
# Leite e derivados: fornecem proteínas de elevada qualidade biológica (ricas em aminoácidos essenciais) minerais (Cálcio, Fósforo, Magnésio,etc.) e vitaminas
# Cereais: para que obtenha energia e fibras
# Fruta: que concede vitaminas.

Fazer dieta
A gravidez não é a ocasião adequada para encetar um regime restritivo, a não ser que este seja, por razões concretas, recomendado pelo médico. As dietas poderão provocar insuficiências nas necessidades calóricas e/ou em nutrientes específicos de que poderão resultar graves consequências para o seu bebé, como aborto espontâneo ou morte neonatal.

Não respeitar as recomendações do seu médico
As regras na alimentação estabelecidas na gravidez pretendem cumprir propósitos muito concretos no que diz respeito quer à satisfação das necessidades qualitativas e quantitativas da grávida quer à manutenção do seu peso. O não cumprimento daquelas poderá provocar consequências muito graves para a manutenção da saúde do bebé.

Comer por dois
O objectivo não é este. Há 50 anos ainda se afirmava que a mãe deveria comer bastante, o que se traduzia em aumentos de peso da ordem dos 20-25 Kg, ocasionando importantes perturbações na saúde materna e infantil. Esta frase para si não deve senão traduzir a responsabilidade de fornecer ao seu bebé alimentos variados em quantidades apropriadas. Quantitativamente, veja em Tabela de Evolução do Peso da Grávida o peso que poderá ganhar.

Incluir o álcool
O álcool é uma substância calórica e sem interesse nutritivo que pode causar lesões graves ao feto. Não deverá estar presente.

Exagerar no sal
É necessária apenas uma pequena quantidade de não mais que 5g no final da gravidez. Não necessitará de aumentar porque este está presente na alimentação. Evite alimentos salgados, águas mineralizadas e seja suave no tempero.
O excesso de sal pode ocasionar retenção de água e, por vezes, edemas. Parece favorecer a HTA (hipertensão arterial) se existe predisposição.

Copiar as necessidades da sua amiga grávida
As recomendações calóricas e nutricionais são susceptíveis de se adequar às necessidades da maioria das gestantes, mas não podem ser interpretadas como iguais para todas. De facto as necessidades de cada pessoa variam com numerosos factores: peso, idade, actividade, etc.. Assim, deverá consultar o seu médico obstetra.

Consumir alimentos com açúcares simples
Açúcar refinado, mel, adoçantes artificiais, doces em geral (biscoitos, bolachas, gelados) e chocolates, fruta de conserva, condimentos que contenham açúcar (maionese, molhos, etc.) deverão ser eliminados porque aumentam a circulação de açúcar e de insulina o que provoca o seu armazenamento sob a forma de gordura. Não proporcionam fornecimento contínuo de energia.

Eliminar líquidos
Tendo em consideração o aumento do volume sanguíneo e dos fluidos, é importante que garanta líquidos, principalmente água ou sumos naturais de fruta. Adeque a sua ingestão de sal.

Abusar de certos alimentos
Para além do álcool o café e o chá (em grandes quantidades), produtos de charcutaria e enchidos, alimentos fumados, comidas muito condimentadas, frituras e guisados também não devem ser consumidos durante a gestação e amamentação. Evite também as gorduras de origem animal, excepto manteiga (dada a sua riqueza vitamínica). Não cozinhe com óleos de tempero.

Descuidar certos comportamentos
Confeccionar bem ao alimentos ? carne não cozinhada pode ter toxoplasmose. Atenção à confecção de alimentos no microondas pois não elimina os micróbios como faz a cozinha tradicional.

Descuidar o peso
Não o deve fazer. As alterações significativas do peso terão repercussões nefastas e graves para a saúde do seu bebé.

in Centro de Nutrição e Alimentação Mimosa
publicado por Claudia Borralho às 16:11

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Changes in Cervical Mucus during the Fertility Cicle

Pre-ovulatory relatively infertile phase

Following the menstrual period there may be several dry days.

These days may be absent in short cycles and numerous in long cycles.

A feeling of dryness or a positive sensation of nothingness at the vulva will be experienced. There will be no visible mucus.


The fertile phase

As the oestrogen levels rise, cervical mucus will be felt at the vulva.

At first it will give a sensation of moistness or stickiness and will appear in scant amounts - white or creamy-coloured.

On finger testing the mucus will hold its shape and break easily.

* The mucus goes through a transitional phase where increasing amounts of cloudy mucus secretion may be observed.

It may be slightly stretchy on finger testing producing a wetter sensation at the vulva.

* As the oestrogen levels continue to rise with approaching ovulation, the mucus will become more profuse, and there may be up to a tenfold increase in volume.

It will give a sensation of lubrication or slipperiness at the vulva.

The appearance will be similar to that of raw egg white, thin, watery and transparent.

On finger-testing this highly fertile mucus may stretch for several inches before it breaks.

* Fertile mucus maintains the life of sperm, nourishes it and allows it to pass freely through the cervix.

In fertile mucus, sperm may live for up to three days, in rare circumstances for five days or even longer.


Peak day

Peak day denotes the LAST day on which this highly fertile-type slippery, transparent, stretchy mucus is either seen or felt.


Post-ovulatory completely infertile phase

During the post-ovulatory phase, following peak day the slippery sensation is lost and there will be a relatively abrupt return to stickiness or dryness again.

This subjective symptom reflects the presence of progesterone, which thickens the mucus again forming a plug at the cervix acting as an impenetrable barrier to sperm.

* The amount and quality of mucus will vary from woman to woman and also from one cycle to the next.

* A woman should be alert to any changes in sensation and to even relatively small amounts of mucus.

* If a woman is finding difficulty detecting mucus externally, it is often recognised more easily after exercise or a bowel movement.

* It may also help to use the Kegel exercise or a slight bearing down action to expel any mucus.


in Fertility UK
publicado por Claudia Borralho às 10:58

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 7 de Abril de 2006

sobre o seguro de saúde*

Internamento Hospitalar e Parto

Estas coberturas, qualquer que seja o Plano contratado, funcionam exclusivamente no Regime de Prestação Directa sendo necessário obter autorização prévia no Centro de Atendimento MultiCare - serviço de apoio ao cliente.
No caso de Internamento Hospitalar e Parto, apenas suportará o pagamento da sua co-participação ficando dispensado do pagamento das elevadas cauções, habituais nas Unidades Privadas.
As despesas com os recém-nascidos, mesmo durante o período de Internamento Hospitalar, ficarão garantidas se solicitar à Seguradora a inclusão do recém nascido até ao final do sexto mês de gravidez. Sendo aceite a inclusão do recém-nascido, o respectivo prémio será cobrado a partir do seu nascimento.


*já pedi o multicare e vou tê-lo a partir de maio
publicado por Claudia Borralho às 11:40

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2006

seguros de saúde

Antes de engravidar tenho de arranjar um seguro de saúde para ajudar nas despesas de todas as consultas, exames, análises e já agora que comparticipe o parto.
Com o casamento vou passar a usufruir do Medis do tiago. Só que não sei muito bem se a versão que ele tem cobre o parto e se cobrir tem um período de carência de 18 meses.
Depois vem a hipotese de vir a ter o seguro de saúde da empresa se ficar efectiva. Mas já estive a olhar para as condições e não vi em lado nenhum nada sobre parto, nem sobre períodos de carência.
Lembrei-me da Multicare. Já tive Multicare através do trabalho há uns anos atrás e era muito bom. Fiz umas simulações e cheguei à conclusão que a melhor opção é o Essência 20.000 com pagamentos mensais de cerca de €29 ou anual de cerca de €330. E o período de carência é só de 10 meses.
Fui ainda espreitar a seguradora Victória que a cátia chegou a utilizar e era supostamente a mais barata. Mas uma simulação com características equivalentes ao da Multicare resultou num prémio anual de cerca de €390.
Agora, ainda não sei se espero mais um bocado ou se vou já fazer um Multicare... se calhar o melhor é deixar o contrato para o início de abril, sempre poupo um mês de seguro. Ou é melhor fazer já a partir de março?
publicado por Claudia Borralho às 14:59

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2005

conversa de gajas

Ontem aproveitei ter encontrado a claudia no barco para tirar uma série de dúvidas. Dúvidas de relacionamentos. Foi muito bom, particularmente porque ela há uns anos atrás passou pela mesma situação que eu estou agora mas no papel do tiago ;)
O nuno já tinha uma casa e eles decidiram viver juntos numa casa nova dos dois.
Ajudou-me a perceber muitas coisas, particularmente uma muito interessante. Eu penso a longo prazo, sei que há coisas que levam o seu tempo a acontecer e não podem ser programadas só quando achamos que chegou a altura certa.
Eu sei que mobilar uma casa, fazer mudanças e começar uma vida a dois leva o seu tempo. Leva meses e não dias ou semanas.
Eu sei que se nos decidirmos casar isso ocupa bastante tempo de planeamento, mesmo um casamento no registo implica no mínimo dos mínimos 1 mês a 1 mês e meio de antecedência.
Os noivos devem organizar o processo apenas com três meses de antecedência, mas antes de um mês da data escolhida para a celebração do casamento. in Portal do Cidadão
E eu sei que engravidar não acontece de um dia para o outro... pode levar meses, anos até e apesar de teoricamente eu não aparentar ter algum problema que me impeça de engravidar a minha estória familiar preocupa-me. A minha avó levou anos até conseguir engravidar e teve a minha mãe já com 35 anos. A minha tia do lado do meu pai tinha um problema nas trompas de falópio e só conseguiu engravidar quando finalmente descobriram e corrigiram esse problema, ela já tinha mais de 40 anos.
Enfim, queremos os dois as mesmas coisas, pela mesma ordem e nas mesmas alturas, só que eu sei que para que elas aconteçam quando queremos convém começar a planeá-las com antecedência, em vez de pensar nelas só quando essa altura chega.
O tiago estava convencido que ia ter a casa dele antes deste ano acabar. Eu tentei não o desencorajar, mas sabia que o processo nunca seria assim tão rápido. Ás vezes parece que ele nunca passou por estas situações e que só eu falo pela minha experiência...

No próximo ano vou mudar de casa, mas entre prazos de escrituras, obras, mudanças, compras e decoração de certeza que isso não vai acontecer antes da primavera chegar.
Sejamos optimistas e pensemos que me mudo em março, vamos dar um prazo prai de mês e meio, dois meses de convivência conjunta. Chegamos a maio/junho. OK Decidimos casar. Preparativos, casamento e férias pelo meio, sejamos optimistas e digamos que se faz tudo em três meses, e chegamos a setembro. Dá-lhe um mês de casamento antes de começarem os treinos... outubro. Acham que tenho a sorte grande e descubro em novembro que estou grávida?
publicado por Claudia Borralho às 10:05

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

resoluções de ano novo

"Não espere que o seu relógio biológico expluda para tomar a grande decisão. Não esteja à espera de ter a conta bancária ideal ou a casa dos seus sonhos. Um filho é mais importante. E, de si, precisa, essencialmente, de amor."
in Elle Janeiro 2006


É esse o meu desejo para o próximo ano. Engravidar. Acho que já não vou a tempo de ter um filho no próximo ano, mas , pelo menos, gostava de engravidar. Este ano que passou tinha o desejo secreto de encontrar a minha cara metade, eu estava convencida que nunca iria acontecer, mas trocaram-se-me as voltas e o tiago reapareceu na minha vida muito antes do que eu alguma vez poderia sequer ter sonhado. Pode ser que este desejo também se concretize.
publicado por Claudia Borralho às 09:59

link do post | comentar | favorito
|

.subscrever feeds

.o nosso bebé

Gabriel - 25 / 4 / 2007
Nasceu a 25 de Abril de 2007 às 40 semanas e 2 dias com 3450gr e 50cm com Apgar 10 logo ao 1º minuto! :D

.coisas da mãe

. Fiz eu!

. Ilha das Maçãs

.babies around us

Rafael - 06 / 04 / 2001
João Miguel - 09 / 07 / 2003
Marta & Beatriz - 13 / 04 / 2005
Bé (Beatriz) - 22 / 05 / 2005
Vasco - 21 / 08 / 2005
Gustavo - 18 / 11 / 2005
Matilde - 16 / 01 / 2006
André - 28 / 04 / 2006
João - 20 / 02 / 2007
Maria Leonor - 12 / 09 / 2007
Bernardo - 12 / 10 / 2007
Leonor - 2 / 12 / 2007
Rita - 6 / 12 / 2007

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

.pesquisar